Esse foi o resultado do julgamento do recurso da  candidata, na tarde de ontem(13), em sessão do Tribunal Eleitoral de Minas Gerais.

Seguindo o voto do relator, mais dois desembargadores já haviam votado sim, pela impugnação da candidatura de Ciça, quando houve um pedido de vista(que é quando um juiz solicita mais tempo para analisar um processo).

Com isso, o julgamento foi adiado e deve ser retomado no dia 18 de Outubro. Em Belo Horizonte os juízes estão julgando a impugnação que já foi decretada pelo juiz eleitoral de Frutal, com base na lei da Ficha Limpa. E Ciça está perdendo.

No total, 6 desembargadores votam. Em caso de empate o presidente do TRE-MG tem o voto de Minerva.

 

 

Embora seja imprudente fazer qualquer prognóstico, a realidade mostra que a situação da ex-prefeita fica bastante delicada, sendo que bastam 4 votos para confirmar que a candidata está indeferida. Ou seja, com mais um voto, Belo Horizonte confirma a decisão da justiça eleitoral de Frutal.

O pedido de indeferimento da candidatura de Ciça foi feito pelo Ministério Público de Frutal e também pela coligação ” A esperança pede passagem”, do advogado Caio Heitor.  (Ouça a entrevista)

 

 

Deixe um Comentário